Polônia fecha seção que representava EUA no Iraque

A Polônia fechou temporariamente a seção da sua embaixada em Bagdá que, desde 1991, representava os interesses dos Estados Unidos no Iraque, informou hoje o Ministério das Relações Exteriores.O departamento foi fechado na quinta-feira, "de comum acordo com os EUA", disse um comunicado do ministério. O órgão não informou por quanto tempo o escritório permaneceria fechado.O presidente dos EUA, George W. Bush, disse quinta-feira que "o jogo acabou" para o presidente iraquiano, Saddam Hussein, indicando que a guerra está se aproximando, em meio à uma maior presença militar dos EUA na região.Funcionários poloneses citaram preocupações com questões de segurança como a principal razão da decisão, afirmou a embaixada dos EUA em Varsóvia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.