Polônia: oposição conservadora vence segundo turno da eleição presidencial

Pesquisas de boca de urna indicavam na noite deste domingo que o presidente da Polônia, Bronislaw Komorowski, não conseguiu sucesso em sua tentativa de ser reeleito. De acordo com levantamento do instituto Ipsos para as emissoras de televisão TVP, TVN e Polsat, o candidato Andrzej Duda, da oposição mais conservadora, obteve 53% dos votos no segundo turno da eleição presidencial; Komorowski, que era considerado favorito até a semana passada, obteve 47%.

AE-DOW JONES, Estadão Conteúdo

24 de maio de 2015 | 18h13

Caso o resultado seja confirmado pela comissão eleitoral polonesa, a vitória de Duda será a primeira para o Partido Lei e Justiça desde 2005, quando a agremiação venceu tanto a eleição presidencial como a parlamentar.

Komorowski reconheceu a derrota assim que saíram os resultados da pesquisa de boca de urna. "Não funcionou desta vez. Os cidadãos de uma Polônia livre e democrática decidiram. Democracia significa que os resultados das eleições devem ser reconhecidos e respeitados. Cumprimento meu adversário por sua eleição e lhe desejo sucesso como presidente", afirmou. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Polôniaeleição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.