Poluição atinge nível alarmente em Xangai

Autoridades de Xangai recomendaram às crianças e aos adolescentes que permaneçam em suas casas e ordenaram a paralisação de todas as obras na cidade depois de a poluição no principal centro financeiro da China ter atingido níveis alarmantes.

AE, Agência Estado

06 de dezembro de 2013 | 07h20

A sexta-feira amanheceu com uma espessa névoa de poluição cobrindo a cidade, reduzindo a visibilidade a apenas algumas dezenas de metros.

A concentração das nocivas partículas PM 2.5 era de 602,5 microgramas por metro cúbico na manhã de hoje, nível considerado extremamente perigoso.

O nível máximo de partículas PM 2.5 considerado aceitável pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é de 25 microgramas por metro cúbico.

Especialistas atribuem a poluição registrada em Xangai a uma combinação de alto nível de emissão com gás carbônico com um padrão climático que mantém o ar da cidade praticamente estagnado. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinapoluiçãoXangai

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.