Wang Zhao/AFP
Wang Zhao/AFP

Poluição causa cancelamento de voos na China

Na cidade de Tianjin, ao leste de Pequim, 34 voos sofreram atrasos ou foram cancelados; estradas também estão fechadas pela falta de visibilidade

Associated Press, O Estado de S.Paulo

18 Dezembro 2016 | 10h05

PEQUIM - Autoridades de Tianjin, cidade na China localizada a leste de Pequim, cancelaram voos neste domingo, em razão da poluição, que afetou a visibilidade. Enquanto isso, pais levam seus filhos a hospitais, no segundo dia de alerta de poluição no norte do país.

A agência oficial de notícias Xinhua disse que 35 voos em Tianjin, sofreram atrasos ou cancelamentos. Além disso, estradas na cidade de 7,5 milhões de habitantes fecharam "devido à visibilidade extremamente baixa".

Pequim e outras 22 cidades chinesas impuseram medidas de emergência neste sábado, incluindo a recomendação de manter carros fora de circulação e pedir a indústrias e escolas que fechem, após a poluição superar em mais de dez vezes os níveis seguros.

No domingo, o site de notícias disse que o número de crianças sendo levadas para hospitais de Pequim em razão de problemas respiratórios aumentaram. As fotos mostravam salas de espera lotadas, com pais carregando crianças que usavam máscaras. O alerta, o primeiro do inverno, tem duração até a quarta-feira.

Mais conteúdo sobre:
China

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.