AFP PHOTO / Ludovic MARIN
AFP PHOTO / Ludovic MARIN

Poluição e excrementos de insetos mudam cor do Taj Mahal e autoridades se preocupam

Monumento originalmente branco está ficando mais esverdeado e amarelado nos últimos anos; Suprema Corte da Índia lançou uma petição em busca de empresas estrangeiras que queiram ajudar a limpar a estrutura

O Estado de S.Paulo

04 Maio 2018 | 07h06

NOVA DÉLHI - O Taj Mahal, um dos pontos turísticos mais famosos do mundo e monumento originalmente branco, está ficando mais esverdeado e amarelado, o que tem preocupado a Suprema Corte da Índia.

+ Tempestades de areia matam ao menos 125 pessoas na Índia

+ Índia vai restringir número diário de visitas ao Taj Mahal

O tribunal ordenou no começo desta semana que as autoridades criem um plano para garantir que o Taj Mahal receba o tratamento apropriado.

+ Governo indiano lança polêmica lista de recomendações a turistas no país

Construído pelo imperador Shah Jahan como um mausoléu para sua mulher, Mumtaz Mahal, no norte da cidade indiana de Agra, o monumento tem perdido seu famoso brilho ao longo dos anos.

Enquanto funcionários tentam limpar o exterior da estrutura com uma argila especial, M.C. Mehta, o advogado que assumiu o caso na justiça, disse que não está sendo feito o suficiente.

Segundo o jornal espanhol El País, a Suprema Corte da Índia lançou uma petição em busca de empresas estrangeiras que queiram ajudar a limpar a estrutura.

Especialistas afirmam que a poluição do ar e excrementos de insetos ameaçam deixar o Taj Mahal com tons de amarelo, verde e preto. O responsável por essa degradação seria o Chironomus calligraphus, informou o ambientalista Dk Joshi. Ele explicou que a “reprodução explosiva” desses insetos no rio Yamuna está prejudicando o monumento.

De acordo com a publicação, o rio "está tão estagnado que os peixes que antes controlavam a população de insetos estão morrendo". / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.