Poluição mata mais que acidentes de carros na Europa, diz estudo

A poluição do ar cortou a média deexpectativa de vida dos europeus em quase um ano e contribuipara centenas de mortes prematuras de milhares de pessoasanualmente, informou a Agência Ambiental Européia nestaquarta-feira. Mais de 100 milhões de pessoas na região, que compreende 53países, também carecem de acesso a água potável, um problemamais grave em áreas rurais, mostrou o grupo em um relatório. Os níveis de poluição do ar reduziram a expectativa de vidaem até dois anos nas áreas mais afetadas da Bélgica, Holanda,norte da e partes da Polônia e da Hungria, afirmou o relatório. "A má qualidade do ar ainda está causando centenas demilhares de mortes prematuras na Europa todos os anos econtinua a danificar colheitas e a saúde do ecossistema",relatou o documento. "A perda de vidas anual estimada é significativamente maiordo que a de acidentes de carro". Cerca de 870 milhões de pessoas vivem na região, mais demetade na Europa Ocidental e central, segundo o relatório de400 páginas. A agência também pediu por rápida ação para limitaremissões de gases-estufa ligados ao aquecimento global e paramelhorar a qualidade da água na região. (Por Michael Kahn)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.