Eric Thayer/The New York Times
Eric Thayer/The New York Times

Pompeo se encontra com aliados da OTAN após ser nomeado Secretario de Estado

Novo chefe da diplomacia americana discutirá ações russas na Síria e pressionará por maiores contribuições para a defesa do bloco

O Estado de S.Paulo

27 Abril 2018 | 04h51

BRUXELAS – Em seu primeiro dia como Secretário de Estado, Mike Pompeo participará nesta sexta-feira, 27, de um encontro com aliados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). O novo diplomata americano foi aprovado pelo Senado na quinta-feira, 26, após enfrentar dura resistência democrata.

O encontro, que será uma prévia da cúpula da OTAN prevista para julho, discutirá as ações da Rússia na Ucrânia, Georgia e Síria. Além disso, também serão debatidos planos para incrementar a segurança ao longo das fronteiras do sul da Europa.

+ Senado americano confirma Mike Pompeo como secretário de Estado

Segundo um porta-voz do Departamento de Estado, Pompeo irá pressionar os aliados para ampliarem suas contribuições com os fundos militares, estabelecendo que uma cota de 2% da produção econômica dos países deverá ser destinada à defesa do bloco até 2024.

O acordo nuclear com o Irã também deverá pautar a agenda de Pompeo. Atualmente, os Estados Unidos discute com a França, Alemanha e o Reino Unido novas medidas para endurecer o tratado assinado em 2015. O presidente americano, Donald Trump, ameaça deixar o acordo, que é criticado por Pompeo.

+ Ordem pós-Segunda Guerra é atacada pelos países que a construíram

Apesar de ser o primeiro evento oficial como Secretário de Estado, Pompeo já participava da diplomacia americana antes da confirmação de sua nomeação. Há três semanas, Trump enviou Pompeo à Coreia do Norte para encontro com o líder do país, Kim Jong Un, antes de uma cúpula com o presidente dos EUA para abordar o programa nuclear de Pyongyang. //REUTERS

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.