População infantil do Japão atinge nível mais baixo

O número de crianças com 15 anos ou menos no Japão atingiu seu nível mais baixo desde o fim da Segunda Guerra Mundial em meio ao contínuo declínio da taxa de natalidade do país, revela uma pesquisa publicada hoje.Em 1º de abril, o Japão tinha 18,01 milhões de pessoas com 15 anos ou menos, ou 170.000 crianças a menos em comparação com o ano anterior, informou a Agência de Estatísticas. Este foi 22º ano consecutivo de declínio na população infantil do país.O levantamento atribui o declínio taxa de natalidade cada vez menor do Japão. Atualmente, cada mulher japonesa tem, em média, 1,33 filho. O número preocupa as autoridades locais. Especialistas prevêem que o número de nascimentos só deverá aumentar em 2005.Enquanto o número de pessoas com 15 anos ou menos no Japão representa 14,1% da população total, as pessoas com mais de 65 anos representam hoje 18,9% dos habitantes do Japão, segundo o estudo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.