População inicia retorno para casa após inundações na Índia

Chuvas torrenciais da monção já deixaram 400 mil desabrigados; muitos ainda continuam nos acampamentos

Efe,

18 de junho de 2008 | 05h07

Milhares de pessoas iniciaram nesta quarta-feira, 18, o retorno para suas casas após as inundações provocadas pelas monções que deixaram 400.000 deslocados no nordeste da Índia, onde as autoridades declararam o alerta para prevenir epidemias, informou uma fonte oficial. Na terça-feira, as chuvas torrenciais da monção diminuíram na região, o que facilitou a queda no nível das águas, informou a agência indiana Ians. "A situação melhorou bastante porque não choveu desde a última noite", disse o ministro de Ajuda e Reabilitação regional, Bhumidhar Barman em declarações à Ians. "As pessoas estão voltando para suas casas, mas milhares deles ainda continuam nos acampamentos provisórios porque elas estão cheias de barro", acrescentou. A monção, um fenômeno que afeta a Índia de julho a setembro, vitima todos os anos várias pessoas no país, além de destruir muitas colheitas e submergir campos agrícolas e outras propriedades.

Mais conteúdo sobre:
Índiachuvasinundações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.