Popularidade de Chávez cai a 36% na Venezuela

Com a popularidade do presidente Hugo Chávez em baixa, os governistas venezuelanos entraram hoje na campanha eleitoral para o pleito legislativo de 26 de setembro diante da possibilidade de os aliados do governo perderem o controle da Assembleia Nacional.

AE-AP, Agência Estado

25 de agosto de 2010 | 18h13

Pesquisa elaborada pelo instituto privado Consultores 21 mostra que a popularidade de Chávez caiu a 36% em julho, mantendo uma tendência de queda iniciada "há um ano e meio", segundo Saúl Cabrera, vice-presidente do instituto.

Cabrera disse que não se pode falar em queda repentina e afirmou que, de um ano e meio para cá, a popularidade do presidente venezuelano acumula diminuição de 12 pontos porcentuais. Ele lembrou que o presidente enfrentou queda similar de popularidade entre 2002 e 2003, quando a Venezuela atravessou uma grave crise política. Nesse período ocorreu uma frustrada tentativa de golpe de Estado contra Chávez e uma greve insuflada pela oposição.

Em 26 de setembro, 17 milhões de venezuelanos estarão aptos a comparecer às urnas para eleger os 165 parlamentares que integrarão a Assembleia Nacional durante os próximos cinco anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.