Popularidade de Putin se mantém em nível recorde

A crise dos reféns de Moscou deixou intacta a popularidade recorde do presidente russo, Vladimir Putin, cuja linha política tem o apoio de 77% da população do país, segundo uma pesquisa divulgada hoje pelo Centro Pan-Russo sobre Opinião Pública, um dos institutos de análise política mais prestigiados da Rússia.O levantamento confirma o grande apoio alcançado por Putin em setembro e indica também uma consolidação da popularidade do primeiro-ministro Mikhail Kasyanov, que é bem-visto por 52% dos entrevistados.Entre os outros expoentes políticos do país, os mais aceitos - mas com grande distância de Putin - são o ministro da Proteção Civil e líder do partido moderado Rússia Unida Serguei Shoigu, o líder da oposição comunista Ghennadi Ziuganov e a liberal Irina Khakamada.Em uma pesquisa divulgada ontem pelo mesmo centro, o apoio dos russos a Putin aumenta para 85% no que se refere à aprovação da linha dura adotada pelas forças especiais no resgate dos reféns capturados por rebeldes chechenos no teatro Dubrovka. Com relação aos conflitos na Chechênia, 46% dos russos entrevistados consideram necessária sua continuidade, enquanto que 44% acreditam que eles devem ser resolvidos apenas pela via das negociações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.