Popularidade de Toledo continua em queda no Peru

A popularidade do presidente peruano Alejandro Toledo voltou a cair, chegando a 32% em novembro - o que representa uma queda de 27 pontos percentuais a partir da data em que assumiu a presidência, no final de julho, revelou uma pesquisa de opinião divulgada hoje. O declínio de popularidade de Toledo se explica pela percepção da população de que ele não está cumprindo suas promessas, que ainda não obteve nenhum êxito concreto, que lhe falta liderança e que freqüentemente o mandatário cai em contradições, apontou a pesquisa. A sondagem da empresa de consultas Apoyo foi realizada em Lima, entre 9 e 10 de novembro, e mostrou que aprovação à gestão presidencial é de 32%, enquanto a desaprovação chega a 55% e cerca de 13% se recusaram a opinar. Em agosto, Toledo contava com um índice de 59% de aprovação; em setembro, a taxa já havia caído para 50% e em outubro para 42%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.