Por causa de greve, aeroporto de Lisboa fica sem combustível

O principal aeroporto de Lisboa ficousem combustível nesta quarta-feira por causa de uma greve decaminhoneiros, provocando atrasos nos vôos mas nenhumcancelamento, afirmou um porta-voz do aeroporto. "Não há suprimento de combustível para os aviões noaeroporto de Portugal, apenas para casos de emergência eaparelhos militares ou oficiais", disse o porta-voz. Segundo as declarações dele, as companhias aéreas passarama abastecer seus aviões realizando escalas em outrosaeroportos, como o da cidade do Porto. Caminhoneiros portugueses e espanhóis deram início a umagreve na segunda-feira protestando contra os altos preços doscombustíveis. Varejistas afirmaram que o estoque de alimentos começa aesgotar-se nos supermercados. Vários postos de gasolina em Lisboa ficaram sem o produtona quarta-feira, e longas filas de carros formavam-se nospostos que ainda dispunham de combustível para vender. A polícia afirmou que oferecerá escolta para algunscaminhões a fim de que consigam chegar a seus destinos,atravessando as linhas de piquete. (Por Elisabete Tavares)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.