Vida Cavalcante/ Estadão
Vida Cavalcante/ Estadão

Japonesa esconde o corpo da mãe em um freezer por 10 anos

Acusada disse que cometeu o crime porque 'não queria ser expulsa' da residência onde elas viveram juntas em um conjunto habitacional de Tóquio

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de janeiro de 2021 | 08h37

TÓQUIO - Uma japonesa escondeu o corpo de sua falecida mãe por dez anos em um freezer porque, segundo ela, tinha medo de ser expulsa do apartamento se a morte fosse descoberta, segundo informações divulgadas neste sábado, 30.

Yumi Yoshino, de 48 anos, foi detida sob suspeita de ter "escondido o corpo de uma mulher" encontrado em um freezer de um apartamento em Tóquio na quarta-feira passada, 27. 

A acusada disse que escondeu o corpo há dez anos porque "não queria se mudar" da residência onde vivia com sua mãe, informou a imprensa local citando fontes policiais não identificadas. 

O aluguel do apartamento localizado em um conjunto habitacional municipal estava em nome da mãe, que deveria ter 60 anos quando morreu, informou o Kyodo News.

Yumi Yoshino foi forçada a deixar a residência em meados de janeiro devido a atrasos no pagamento do aluguel. Uma pessoa que foi limpá-lo descobriu o corpo guardado em um freezer escondido em um armário.

A autópsia não conseguiu determinar o momento nem a causa da morte, segundo a imprensa. /AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.