Por telefone, Obama felicita presidente eleito no México

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, telefonou nesta segunda-feira para o presidente eleito do México, Enrique Peña Nieto para felicitá-lo pela vitória eleitoral, que levou o Partido Revolucionário Institucional (PRI) de volta ao poder.

AE, Agência Estado

02 de julho de 2012 | 15h56

"O presidente reiterou seu compromisso de trabalhar em parceria com o México e espera avançar nos objetivos comuns", disse um comunicado da Casa Branca. Dentre esses objetivos estão "a promoção da democracia, a prosperidade econômica e a segurança da região e de todo o mundo", afirma o documento.

O presidente também felicitou o povo mexicano, que mais uma vez demonstrou seu compromisso com valores democráticos por meio de um processo eleitoral livre, justo e transparente", diz o comunicado.

México e Estados Unidos, importantes parceiros comerciais e aliados, têm um diálogo constante sobre a guerra das drogas no México, já que grande parte das substâncias tem como destino usuários norte-americanos.

Peña Nieto declarou sua vitória na noite de domingo, após os primeiros resultados oficiais mostrarem que ele tinha 38% dos votos. O resultado encerrou o período de mais de uma década de ostracismo político do PRI.

Seu principal rival, o esquerdista Andrés Manuel López Obrador, obteve 31%, mas recusou-se a aceitar a derrota, afirmando que possui dados que mostram resultados diferentes.

O PRI governou o México por sete décadas, até o ano 2000, com uma mistura de patronato e repressão seletiva, isolando inimigos políticos através de eleições compradas e cobertura da mídia enviesada. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.