Pornógrafo arrependido passa a vender bíblias nos EUA

Talvez se trate de um milagre: Michael Braithwaite, que se dedicava à venda de todo tipo de material pornográfico, agora passou a vender bíblias em sua loja após receber, segundo ele, uma ordem divina. "É uma questão moral, não posso continuar vendendo pornografia?, disse. Os vizinhos de Braithwaite em Putney, uma localidade do estado de Kentucky, apoiaram sua conversão ajudando-o a retirar o material pornográfico e substituí-lo por artigos religiosos. Além disso, responsabilizaram-se pelo pagamento das despesas de alimentação dele, de sua esposa e filha até que o novo negócio comece a dar lucro. O comerciante mudou inclusive o nome de sua casa comercial, de "Love World" (O Mundo do Amor) por "Mike´s Place (O Cantinho de Mike). Com lágrimas nos olhos, Braithwaite disse que Deus o persuadiu a fechar o negócio, queimar a mercadoria no valor de US$ 10.000 que servia para estimular o apetite sexual e reabri-lo para estimular a fé e a religião. Um monte de cinzas no estacionamento da loja é tudo o que resta de seu estoque anterior.Alguns de seus antigos clientes ficaram desenxabidos ao entrarem no local e encontrarem estantes repletas de bíblias em lugar da mercadoria habitual. Apesar de sua conversão, Braithwaite ainda enfrenta processos pela venda de material obsceno, abertos contra ele em um tribunal local por um grupo de cidadãos cristãos de Putney. Mas agora que o negócio foi fechado, diz o advogado que apresentou as acusações, há esperanças de resolver o caso talvez mediante o pagamento de uma pequena multa por parte de Braithwaite.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.