Anne-Christine Poujoulat/AFP
Anne-Christine Poujoulat/AFP

Porta-aviões francês está pronto para agir na Síria, diz ministro

'Vamos aniquilar o Estado Islâmico em todo o mundo. Essa é única possível direção', afirmou o ministro da Defesa Jean-Yves Le Drian

O Estado de S.Paulo

22 de novembro de 2015 | 16h41

PARIS - O ministro da Defesa da França, Jean-Yves Le Drian, afirmou que o porta-aviões Charles de Gaulle, que foi enviado para fornecer ajuda às operações militares contra o Estado Islâmico na Síria, estará "pronto para agir" a partir de segunda-feira. 

A França tem intensificado os bombardeios na Síria desde os ataques terroristas em Paris, que deixou mais de 120 mortos.

 

Le Drian afirmou que o Estado Islâmico tem de ser destruído a todo custo. "Vamos aniquilar o Estado Islâmico em todo o mundo", disse. "Essa é única possível direção" e que "qualquer país que quiser participar militarmente será bem-vindo", acrescentou. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.