Porta-voz chinês ficará atento a quem tira sapatos em entrevista

O porta-voz do Ministério do Exterior da China disse que estará atento a jornalistas que tirem seus sapatos durante entrevistas coletivas, após um repórter iraquiano ter jogado um par de sapatos contra o presidente norte-americano, George W. Bush, em Bagdá. Questionado sobre o que pensava do incidente de domingo, quando um jornalista de uma emissora de televisão jogou seus sapatos em Bush e o chamou de "cachorro", Liu Jianchao respondeu que todos os líderes merecem respeito. "Acredito que deve haver um respeito básico pelo líder de qualquer país", disse ele a jornalistas, antes de acrescentar que o episódio lhe fez pensar. "Talvez eu precise ficar atento não somente a quem levanta a mão, mas também em quem está tirando os sapatos", acrescentou Liu, que não precisou se esquivar de nenhum objeto durante a entrevista. (Reportagem de Emma Graham-Harrison)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.