Porta-voz da Casa Branca demite-se por ''''razões salariais''''

Tony Snow, porta-voz da Casa Branca, anunciou ontem oficialmente que deixará o governo no dia 14. Apesar da longa luta contra o câncer, Snow disse que o motivo de sua saída era financeiro. Em entrevista para uma rádio americana, ele afirmou que estava de saída porque passou a ganhar menos na Casa Branca do que recebia na Fox News, seu antigo emprego. "Já tinha avisado que quando meu dinheiro acabasse eu sairia." Em seu lugar assumiu sua assessora, Dana Perino. Snow é o terceiro funcionário a deixar o governo em agosto. Alberto Gonzales, secretário de Justiça, e Karl Rove, conselheiro de George W. Bush, também anunciaram sua saída.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.