Porta-voz de Bush é vaiado

Mais de 1.500 pessoas se reuniram nesta segunda-feira no Estado americano de Vermont, onde o porta-voz da Casa Branca, Ari Fleischer, recebeu um prêmio como ex-aluno da universidade local. Mas as pessoas não estavam ali para aplaudi-lo, e sim para vaiá-lo, rechaçando desta forma a política do presidente George W. Bush para o Iraque. "Não pensávamos que viria tanta gente", disseram, satisfeitos, os organizadores do. Fleischer, por sua vez, recebeu o prêmio e proferiu um discurso, que foi muito aplaudido pelos republicanos presentes à cerimônia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.