Porta-voz diz que Irã não aceitará suspender programa nuclear

O porta-voz da presidência iraniana, GholamHossein Elham, disse nesta segunda-feira que o país não aceitará suspender seuprograma de enriquecimento de urânio, como exige a comunidadeInternacional. "O presidente (Mahmoud Ahmadinejad) insistiu em várias ocasiõesem que não aceitamos a suspensão", disse Elham na entrevistacoletiva habitual de segunda-feira, emitida ao vivo pela televisãopública do país. O porta-voz do governo de Teerã lembrou também que o presidenteiraniano reiterou que o Executivo "não renunciará aos direitos do povo". "O presidente explicou, claramente e em várias ocasiões, apostura do Irã quanto à questão nuclear e à suspensão doenriquecimento de urânio", ressaltou. Ahmadinejad afirmou recentemente que, apesar dos pedidos dacomunidade internacional em sentido contrário, o país não suspenderá"nem um só dia" seu programa de enriquecimento de urânio. Elham acrescentou que "uma grande parte dos países do mundo apóiaa postura iraniana de dispor de tecnologia nuclear com finsPacíficos". Na quinta-feira passada, as conversas entre o Alto Representanteda União Européia (UE) para Política Externa e de Segurança, JavierSolana, e o negociador iraniano em matéria nuclear, Ali Larijani,concluíram com alguns avanços, embora o conteúdo não tenha sidoDivulgado. Em uma breve declaração conjunta ao término da nova rodada decontatos entre Solana e Larijani, o chefe da diplomacia européiaafirmou, sem entrar em detalhes, que foram conversas "muitointensas", e que seriam retomadas o mais rápido possível.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.