Portugal localiza 19 pessoas que estavam desaparecidas

Autoridades da ilha da Madeira afirmaram que 19 pessoas antes consideradas desaparecidas foram localizadas e passam bem, após os deslizamentos que mataram dezenas de pessoas na ilha portuguesa. Funcionários disseram hoje que agora são 13 pessoas que seguem desaparecidas. Equipes utilizam cães farejadores, mergulhadores da Marinha e escavadeiras para tentar localizar as vítimas. O número de mortos oficial das enchentes do sábado é de 42.

AE-AP, Agencia Estado

23 de fevereiro de 2010 | 12h23

Autoridades estão checando se há corpos presos em tubulações, pilhas de escombros ou em áreas submersas da ilha da Madeira. Funcionários suspeitam que alguns dos desaparecidos tenham sido arrastados para o mar pelas torrentes de lama causadas pela chuva. Portugal decretou luto oficial de três dias em memória das vítimas.

Tudo o que sabemos sobre:
Portugalenchentesdesaparecidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.