Posse de Duhalde vai atrasar para compor ministério

A posse do novo presidente da Argentina, Eduardo Duhalde, promete ser bem concorrida. O salão Branco de atos oficiais da sede do governo está lotado, com cerca de 300 pessoas, e outros 300 convidados estão nas dependências do palácio, tentando entrar no salão. A posse de Duhalde, que estava marcada para às 13 horas de Brasília, deve atrasar. O novo presidente deverá passar todo o dia negociando a composição do gabinete, que, segundo ele, deverá ser de unidade nacional.

Agencia Estado,

02 Janeiro 2002 | 12h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.