Posto da polícia egípcia é atacado no Delta do Nilo

Um grupo de homens armados atacou hoje com fuzis um posto de controle da polícia egípcia em uma região do Delta do Nilo, mas não há informações sobre vítimas, confirmaram fontes do Ministério do Interior. Estas fontes desmentiram as primeiras informações que afirmavam que os homens atacaram o posto com granadas e asseguraram que os agressores dispararam contra os policiais com fuzis e conseguiram fugir em um carro. O atentado ocorreu em uma estrada nos arredores da cidade de Belbeis, na província de Sharqiya, cerca de 100 quilômetros ao leste do Cairo. Outros dois ataques foram cometidos hoje por terroristas suicidas no norte do Sinai. O primeiro teve como alvo um carro com policiais egípcios e soldados da Força Multinacional de Observação (FMO) em Al Gorah, e o outro foi cometido contra dois oficiais da Polícia egípcia em uma área próxima. Segundo o Ministério do Interior, os dois terroristas morreram nos ataques, mas não houve vítimas entre os policiais ou os soldados da FMO. Na segunda-feira, um triplo atentado na cidade turística de Dahab, no leste do Sinai, matou 12 egípcios e seis estrangeiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.