Pouso forçado deixa 10 mortos na Rússia

Resgate encontrou bimotor em uma área florestal perto do povoado de Palana

Agência EFE,

12 de setembro de 2012 | 03h43

MOSCOU - Dez pessoas morreram, entre elas uma criança, e quatro ficaram gravemente feridas após a aterrissagem forçada de um avião AN-28 na península russa de Kamtchatka, informam nesta quarta-feira, 12, agências de notícias locais. "A criança, que a princípio foi resgatada com vida, morreu antes de chegar ao hospital. Agora estamos transferido outras quatro pessoas que se encontram em estado grave", detalhou um porta-voz do Ministério de Emergências, citado pela agência Interfax.

 

Segundo a fonte, os feridos, entre os quais se encontra uma adolescente de 14 anos, têm múltiplas faturas e lesões cerebrais. De acordo com os dados preliminares, o avião desapareceu dos radares às 4h28 (hora local).

 

Mais tarde as equipes de resgate encontraram o avião em uma área florestal perto do povoado de Palana. O Antonov AN-28 é um avião comercial bimotor de asa reta e alta projetado na Ucrânia entre 1975 e 1993.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.