Povoados junto ao vulcão Mayon estão cobertos de cinzas

A erupção total do vulcão é iminente; retirada de moradores é esperada para as próximas horas

Efe

22 de dezembro de 2009 | 03h02

Pelo menos três povoados próximos ao vulcão Mayon, nas Filipinas, amanheceram cobertos por cinza, nesta terça-feira, 22, enquanto continua aumentando a atividade do monte e os especialistas acreditam que uma erupção é questão de dias ou inclusive horas.

 

 

Os residentes não foram afetados pelo pó já que puseram máscaras antigás distribuídas em todas as localidades próximas, informaram as autoridades.

 

VEJA TAMBÉM:
blog  Post sobre o Vulcão Mayon no blog Olhar Sobre o Mundo
Nas próximas horas se espera a retirada de todos os moradores em um raio de dez quilômetros perto da cratera, embora dezenas de camponeses desalojados continuam escapando de noite para  entrar na área de perigo e colher suas plantações e recolher animais.

 

Segundo o governador da província filipina de Albay, JoeySalceda, algumas pessoas já foram evacuadas pelos soldados em três ocasiões, ignorando o perigo de uma erupção, embora oficialmente já tenha sido tiradas dali mais de 50 mil pessoas, cerca de 85% da população.

Tudo o que sabemos sobre:
vulcão MayonFilipinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.