Powell chega à China para discutir crise norte-coreana

O secretário de Estado dos EUA, Colin Powell, chegou hoje à China, como parte de sua primeira visita à Ásia, com a tarefa de convencer Pequim a envolver-se no congelamento do programa nuclear da Coréia do Norte.Ontem, em Tóquio, antes de embarcar para Pequim, Powell afirmou: "A China tem grande ascendência sobre o regime de Pyongyang. O propósito da minha visita é exortar os dirigentes chineses a assumir a sua responsabilidade como potência regional". Powell deverá se encontrar com o presidente chinês, Jiang Zemin, e com os secretários do Partido Comunista Chinês, Hu Jintao e Tang Jizxuan. Powell, que iniciou sábado no Japão uma viagem de cinco dias à Ásia, concordou com o primeiro-ministro japonês, Junichiro Koizumu, sobre a necessidade de ser coordenarem esforços para evitar uma escalada da tensão nuclear na região.Numa tentativa de mostrar a boa vontade da administração dos Estados Unidos para com Pyongyang, Powell anunciou sexta-feira o recomeço do envio da ajuda humanitária através do Programa Alimentar Mundial (PAM) da ONU.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.