Powell diz que EUA debatem exílio para Saddam

Em depoimento ao Comitê de Relações Exteriores da Câmara dos Representantes (o equivalente, nos EUA, à Câmara dos Deputados), o secretário americano de Estado, Colin Powell, disse que os EUA debatem intensamente com aliados a oferta de exílio ao presidente do Iraque, Saddam Hussein, informou a emissora de TV NBC, em seu site.Powell antecipou que qualquer acordo irá, no final, envolver "algum tipo de participação da ONU" para incentivar Saddam a deixar o poder e afastar um possível ataque liderado pelos EUA contra o território iraquiano. A oferta se estenderia a membros do círculo mais próximo dele.Altos funcionários americanos, incluindo o secretário de Defesa, Donald Rumsfeld, haviam mencionado antes a possibilidade de aceitar o exílio de Saddam. Desta vez, porém, Powell deixou claro haver negociações permanentes com aliados para pressioná-lo a deixar o país.Hoje também, o diário The New York Times destacou que o governo jordaniano quer que os EUA incorporem a proposta de exílio em qualquer nova resolução do Conselho de Segurança da ONU relativa ao Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.