Powell diz que não é hora de usar força contra o Irã

O secretário de Estado dos EUA, Colin Powell, fez um alerta ao governo de Israel, dizendo que diplomacia, não força, é o meio para lidar com o programa nuclear do Irã. Vinte anos atrás, aviões israelenses destruíram um reator no Iraque, para evitar que Saddam Hussein criasse armas atômicas. Com as suspeitas acumulando-se quanto às intenções atuais do Irã, Powell disse que "há muitas especulações e histórias de terror", e que parte das especulações tratam "do que os israelenses podem ou não fazer". "Não tenho informações quanto a isso", disse o secretário, "e penso que todo o mundo, incluindo Israel, tenta encontrar uma solução pacífica e diplomática para o problema". Powell disse que o Irã tem um programa que poderia produzir armas nucleares, mas que "vai levar tempo". Durante conversações em Viena com Alemanha, França e Grã-Bretanha, a delegação iraniana insistiu que o país tem o direito de enriquecer urânio, processo que pode gerar combustível para usinas de energia ou material para armas.

Agencia Estado,

27 Outubro 2004 | 18h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.