Powell está confiante nos votos do Conselho de Segurança

O secretário de Estado americano, Colin Powell, afirmou hoje que os EUA têm grande possibilidade de obter os votos de 9 ou 10 membros do Conselho de Segurança (CS) para aprovar uma resolução que abra caminho à guerra. Powell admitiu ter ficado "animado com as conversas que manteve com alguns dos países membros do Conselho de Segurança".Durante uma entrevista à rede de televisão Fox, Powell disse que não se surpreenderia com o veto francês no caso dos EUA conseguirem 9 ou 10 votos favoráveis à resolução. "Não me surpreenderia se usassem o poder de veto", disse Powell. Ele acrescentou que um eventual veto francês "não terá conseqüências negativas para as relações bilaterais entre os dois países".De acordo com plano apresentado dias atrás, EUA, Grã-Bretanha e Espanha propõem um prazo até o dia 17 de março para que Saddam Husseinentrege todas as suas armas de destruição em massa aos inspetores da ONU.Colin Powell afirmou ainda que não tem planos de mudar a data limite de 17 de março."Esta data fecha uma resolução e não tenho planos de mudá-la", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.