Powell nega manipulação de informações sobre armas no Iraque

A Casa Branca não manipulou informações do serviço secreto americano para exagerar a ameaça das armas de destruição em massa supostamente mantidas pelo regime de Saddam Hussein para justificar a invasão do Iraque, garantiram hoje funcionários do governo dos Estados Unidos. O secretário de Estado, Colin Powell, e a conselheira de Segurança Nacional, Condoleezza Rice, alegam que o Iraque processou as armas antes da guerra e "provas" deverão surgir em breve.?Os iraquianos tiveram armas durante toda a sua história. Eles tiveram armas químicas. Eles tinham conhecimento sobre armas biológicas e nunca prestaram contas sobre o que tinham ou o que podiam fazer ou deixar de fazer com elas", disse Powell em entrevista à rede de tevê Fox.Powell afirmou que documentos e interrogatórios com iraquianos envolvidos nos programas de armas levariam à descoberta de evidências. "Penso que todos os documentos que agora estão surgindo e as pessoas que estão sendo entrevistadas nos dirão mais sobre o que estava escondido e onde estava escondido", acredita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.