"Pravda" sugere ação russa no Iraque

As Forças Armadas russas têm um plano para se antecipar a uma ação militar dos Estados Unidos no Iraque, com uma operação com vistas a garantir o futuro de seus interesses econômicos no país, disse hoje o jornal ?Pravda?, de Moscou. Essa possibilidade não parece evidente no Kremlin, onde oficialmente as autoridades se manifestaram contra qualquer ação militar no Iraque e também se opõem a uma segunda resolução do Conselho de Segurança da ONU que sirva como um empurrão para os EUA e ameace Bagdá com "graves conseqüências". Segundo o jornal, Moscou teme que um ataque dos EUA contra o Iraque, que inclua transferir o poder para o atual movimento de oposição ao presidente Saddam Hussein, não seria favorável à Rússia e colocaria em perigo créditos existentes de US$ 8 milhões e, principalmente, futuros contratos petrolíferos, de dezenas de milhares de dólares.Diante dessa situação, escreve o jornal, "a idéia das Forças Armadas russas de organizar seu próprio golpe de Estado no Iraque está se tornando cada vez mais realista", levando em consideração os enormes interesses econômicos russos na região.Segundo o ?Pravda?, Moscou poderia inclusive "enviar seu próprio comando em Bagdá para salvar a população do horror da guerra?, e iniciar assim "um diferente tipo de ordem mundial".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.