Pré-candidatos republicanos vêem progresso no país do Golfo

Os principais pré-candidatos republicanos às eleições presidenciais americanas de 2008 disseram ontem que a estratégia da Casa Branca para o Iraque parece estar conseguindo restaurar a estabilidade no país. A tese foi defendida num debate que durou 90 minutos entre os nove pré-candidatos do partido, incluindo John McCain e Rudolph Giuliani. Apenas Ron Paul, do Texas, pediu a retirada das tropas dos EUA. Os republicanos atacaram duramente os democratas por suas posições sobre a política externa. O alvo principal foi o senador Barack Obama, por ter dito que, se eleito, poderia reunir-se com líderes de países inimigos dos EUA e invadir o Paquistão para acabar com os campos de treinamento de terroristas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.