´Precisamos de medidas para mostrar conseqüências dos testes´, diz presidente sul-coreano

O presidente da Coréia do Sul, Roh Moo-hyun, disse nesta quarta-feira, 4, que é necessário criar medidas que mostrem à Coréia do Norte que há preocupação internacional sobre seus testes nucleares."Nós precisamos de medidas que mostrem, claramente, à Coréia do Norte, as conseqüências de levar adiante com um teste (nuclear)", declarou Roh Moo-hyun. O presidente sul coreano não foi claro quanto a que tipo de medidas deveriam ser tomadas.Roh também clamou por um diálogo fortalecido e consistente, no sentido de evitar que os vizinhos do norte levem adiante a idéia de fazer testes nucleares. O governo comunista da Coréia do Norte anunciou, na terça-feira, que manterá testes nucleares para ampliar seus métodos de defesa ao que chama de política hostil dos EUA.Esta foi a primeira vez que Pyongyang anunciou publicamente planos de teste nuclear. A nação comunista diz não ter armas nucleares, mas não se dispõe a fazer nenhum dos testes conhecidos para verificar se é verdade o que diz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.