Preços ao produtor no Reino Unido aceleram em agosto

Os preços cobrados pelas fábricas do Reino Unido por seus produtos aumentaram em agosto, com os custos dos produtores puxados pelos maiores preços do petróleo. Segundo o Escritório para Estatísticas Nacionais (ONS, na sigla em inglês), o índice de preços ao produtor (PPI, em inglês) "output" subiu 0,5% em comparação com julho e 2,2% sobre agosto do ano passado.

DANIELLE CHAVES, Agência Estado

07 de setembro de 2012 | 08h13

A alta anual foi maior do que a de 1,8% registrada em julho, marcando uma recuperação após 11 meses de desaceleração dos preços. Essa também foi a maior alta anual desde janeiro de 2011. A previsão dos economistas consultados pela Dow Jones para o PPI output de agosto era de alta mensal de 0,2%. O núcleo do PPI output subiu 0,1% em base mensal e 1,2% em base anual.

O PPI "input", que mede os custos das matérias-primas e serviços para os produtores, subiu 2,0% em agosto ante julho e 1,4% ante agosto de 2011. A previsão era de aumento mensal de 1,7%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Reino Unidopreços ao produtoragosto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.