Preços de mansões nos EUA superam a casa dos nove dígitos

A propriedade de Donald Trump à venda na praia americana de Palm Beach, na Flórida, tem todas as regalias que alguém poderia esperar. Mármore caríssimo e detalhes de ouro 24 quilates decoram os banheiros. Há uma fonte em forma de cascata na entrada da mansão e cerca de 158 metros de vista para o mar nos fundos.Mas talvez o maior destaque da casa seja seu preço: US$ 125 milhões. E (perdão Donald) esse preço já foi ultrapassado. Uma casa em Aspen, estado de Colorado, está marcada com a quantia de US$ 135 milhões. Outra casa, no Lago Tahoe, estado de Nevada, foi recentemente listada em US$ 100 milhões.A listagem de preços representa um marco monetário no ramo imobiliário norte-americano: é a primeira vez que o valor de mansões nos EUA passam a casa dos nove dígitos, de acordo com especialistas na área, e isso aconteceu em uma rápida sucessão de fatos. Uma pesquisa feita em maio sobre as casas mais caras do país, realizada pela Forbes.com, coloca a mansão de Trump como a mais cara e a primeira a romper a barreira dos US$ 100 milhões. Na época, a mais cara na listagem estava em US$ 75 milhões e estava localizada em Bridgehampton, Nova York. Agora, este trio deixou especialistas com uma dúvida: as casas serão vendidas? E o que você realmente consegue com US$ 100 milhões?"Estou surpreso que demorou tanto para as pessoas perceberem o valor", disse Trump sobre a listagem dos preços. "Eu percebi, comecei a tendência, e estou surpreso que as pessoas não tenham feito isso antes". "Estas são casas de super-luxo", afirmou Trump, o rei do ramo imobiliário e uma estrela do reality show da TV. "Eu acho que minha propriedade vale mais de US$ 125 milhões", disse o magnata. "É uma pechincha".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.