Prédio em Jacarta é esvaziado após aviso de bomba

Polícia revistou o local, sede de várias empresas japonesas, e não encontrou explosivos

Efe,

16 de outubro de 2008 | 05h18

A Polícia esvaziou nesta quinta-feira, 15, por causa de uma ameaça de bomba, um bloco de escritórios no centro de Jacarta, onde o governo elevou nas últimas semanas o nível de alerta perante um eventual ataque do terrorismo islamita contra interesses estrangeiros. O edifício Kyoei Prince, situado na avenida General Sudirman, foi evacuado pelas forças de segurança indonésias depois que um funcionário da segurança recebeu um aviso de bomba, informou a agência estatal de notícias Antara. A Polícia revistou o prédio, sede local de várias empresas japonesas, e não encontrou nenhuma bomba. Horas depois, o edifício foi reaberto aos trabalhadores e recuperou sua atividade habitual, enquanto os agentes averiguam a origem da ligação.

Tudo o que sabemos sobre:
bombaJacarta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.