Ciro Fusco/EFE
Ciro Fusco/EFE

Prédio residencial desaba na Itália e moradores podem estar sob escombros

Bombeiros trabalham nas buscas em Torre Annunziata, próxima a locais históricos como a cidade de Pompeia

O Estado de S.Paulo

07 Julho 2017 | 06h34

MILÃO - Um edifício de apartamentos de cinco andares desabou na manhã desta sexta-feira, 7, na cidade italiana de Torre Annunziata, próxima a Nápoles, no sul do país. Até oito pessoas podem estar soterradas sob os escombros do prédio, segundo os bombeiros. A cidade praiana fica a cerca de quatro quilômetros das ruínas históricas de Pompeia.

A agência de notícias italiana ANSA citou testemunhas que disseram que não houve explosão antes da queda da construção, por volta das 6 horas da manhã (1 hora em Brasília), mas um trem havia acabado de passar por trilhos próximos ao local.

Imagens mostram que grande parte da estrutura desabou, revelando o interior de alguns apartamentos. Cerca de 30 pessoas tiravam escombros com as mãos e os colocavam dentro de baldes, enquanto bombeiros usavam escadas para checar a estabilidade das paredes que restaram em pé. Um cachorro farejador também auxiliava as buscas.

Notícias indicaram que uma reforma acontecia no prédio antes do desabamento. As autoridades fecharam a linha de trens que passa pela região, que liga pontos turísticos como o vulcão Vesúvio, Pompeia e a costa de Amalfi à cidade de Nápoles. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.