Preenchida vaga de Illinois no Senado

Roland Burris, ex-procurador-geral de Illinois, assumiu ontem o posto de senador que era do presidente eleito, Barack Obama. A nomeação provocou polêmica por ter sido feita pelo governador de Illinois, Rod Blagojevich, acusado de ter tentado vender o cargo em troca de favores e dinheiro. Burris chegou a comparecer à abertura do ano legislativo, mas foi rejeitado pelos congressistas e acabou não tomando posse. A maioria dos senadores, incluindo os democratas, se recusava a admitir a presença na casa de alguém nomeado por um político acusado de corrupção. Burris passa a ser o único negro no Senado americano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.