Prefeita manda vereadores para psicoterapia

A prefeita da cidade espanhola de Palma de Mallorca, Catalina Cirer, afirmou ter determinado a ida dos vereadores a sessões em grupo de psicoterapia para que pudessem lidar melhor com a tensão do trabalho. Cirer, no entanto, negou uma versão da mídia local, de que a visita ao analista tenha sido determinada devido a um conflito político entre os vereadores. "Creio no trabalho em equipe", afirmou a prefeita. "Um indivíduo apenas não pode fazer muito". Cirer explicou que 10 dos 15 vereadores eleitos em maio de 2003 nunca tinham ocupado um cargo público, e que as sessões tinham o objetivo de ajudá-los a lidar com assuntos tais como jornalistas hostis. As sessões começaram em fevereiro e terminaram em maio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.