Prefeito convida mulheres feias para sua cidade na Austrália

Mulheres de 'beleza desavantajada' devem se mudar para Mount Isa, diz; comunidade pede sua renúncia

Da Redação, estadao.com.br

18 de agosto de 2008 | 21h41

O prefeito John Molony, da pequena cidade de Mount Isa, na Austrália, enfrenta pedidos de renúncia após sugerir que mulheres de "beleza desavantajada" devam se mudar para a cidade, onde há cinco homens para cada mulher. "Temos que encontrar onde há mulheres de beleza desavantajada e convidá-las para ir a Mount Isa", declarou o prefeito, segundo o jornal inglês The Guardian.   A comunidade local, de 25 mil habitantes, criticou Molony. Betty Kiernan, membro do Parlamento estadual, afirmou que a declaração do prefeito foi profundamente ofensiva. "É horrível que uma figura pública diga tais coisas. Em que era ele está vivendo?", perguntou.   Depois que a controvérsia cresceu, o prefeito se defendeu dizendo que sua declaração foi tirada do contexto. "Eu tenho sido retaliado", explicou Molony, segundo o jornal britânico.   Em defesa do prefeito, o membro do Parlamento federal Bob Katter disse que Molony é um "herói nacional". "Ele apenas está deixando que as pessoas saibam que é divertido ser mulher em Mount Isa", declarou. As mulheres da cidade organizaram uma petição que exige a saída do prefeito, informou o Guardian.

Tudo o que sabemos sobre:
Austrália

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.