Jorge Silva/Reuters
Jorge Silva/Reuters

Prefeito de Caracas convoca protesto contra Chávez

Medidas econômicas do governo desagradam oposição e motivam manifestação agendada para o dia 23

ANDRÉ LACHINI, Agencia Estado

12 de janeiro de 2010 | 16h34

O prefeito metropolitano de Caracas, Antonio Ledezma, convocou para o dia 23 de janeiro a oposição política venezuelana para uma manifestação contra as medidas econômicas do governo do presidente Hugo Chávez, que na sexta-feira passada desvalorizou a moeda local, o bolívar, em 63,7% frente ao dólar. As informações são do jornal venezuelano ''El Universal''.

A convocação do protesto recebeu o apoio do deputado Ismael García, do partido Podemos, e de Henry Ramos Allup, secretário-geral do partido Acción Democrática (AD), ambos da oposição.

 

O prefeito de Caracas disse que o descontentamento dos venezuelanos é cada vez maior com a situação econômica. "Esse é um governo que aplica medidas de desvalorização para empobrecer justamente os mais humildes", afirmou Ledezma.

 

 

Veja também:

link Após ameaças, militares da Venezuela fecham 70 lojas  

linkChávez desvaloriza moeda da Venezuela em 100%

García criticou o desempenho dos 10 anos do governo Chávez na economia. Segundo ele, "os investimentos privados, que estavam em 4,7% em 2004, caíram a 1,3% no final de 2009, quase no chão, enquanto o investimento estrangeiro, que foi de US$ 4,9 bilhões em 2008, caiu para menos de US$ 2,4 bilhões em 2009, quer dizer, foram embora da Venezuela".

Segundo ele, atualmente os empresários venezuelanos "se encontram chantageados com o poder Executivo", principalmente "pela PDVSA e outros organismos do Estado".

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaprefeitoCaracasprotesto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.