Prefeito de Lisboa deverá ser novo premier de Portugal

O líder do Partido Social Democrata e prefeito de Lisboa, Pedro Santana Lopes, deverá assumir a chefia de governo de Portugal depois que o presidente pediu aos sociais-democratas que indiquem o substituto do primeiro-ministro José Manuel Durão Barroso. Depois de uma semana indeciso sobre a conveniência de convocar novas eleições, o presidente Jorge Sampaio anunciou o convite feito ao Partido Social Democrata em uma entrevista coletiva.Analistas haviam previsto que Sampaio não convocaria eleições, por conta do impacto que a medida poderia ter na economia. Os socialistas, porém, contavam com um pleito antecipado, no qual acreditavam ter boas chances de vitória.Santana Lopes exerceu diversos cargos públicos de pequeno destaque em 24 anos de carreira política e tem pouca experiência em política externa. Barroso renunciou à chefia de governo na segunda-feira, depois de aceitar o convite para presidir a Comissão Européia, órgão executivo da UE.

Agencia Estado,

09 de julho de 2004 | 17h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.