Prefeito de Lisboa diz que é um orgulho para a cidade receber Saramago

Velório do escritor acontece no Salão Nobre da Prefeitura da cidade até as 12h de domingo, 20, quando deverá ser cremado

19 de junho de 2010 | 08h00

LISBOA - O prefeito de Lisboa, Antonio Costa, declarou que é um "orgulho para a cidade receber o corpo de José Saramago no Salão Nobre da Prefeitura", após sua morte na sexta-feira, 18, na ilha espanhola de Lanzarote.

 

A Prefeitura de Lisboa acolherá a partir do meio-dia deste sábado, 19, (horário local) o velório do escritor no Salão Nobre, local no qual seu corpo permanecerá até as 12h do domingo, quando será levado ao cemitério do Alto de São João, onde está previsto que seja cremado.

 

Fontes familiares do escritor detalharam que suas cinzas serão divididas depois entre seu povoado natal e sua casa de Lanzarote, onde ficarão enterradas junto a uma oliveira.

 

O prefeito da capital portuguesa lembrou em comunicado que Lisboa foi "uma causa que Saramago abraçou" quando presidiu a assembleia municipal em 1990, e assegurou que seu "legadoé inestimável".

Tudo o que sabemos sobre:
SaramagomorteLisboaprefeito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.