REUTERS/Stefan Wermuth
REUTERS/Stefan Wermuth

Prefeito de Londres anuncia reforço na segurança após atentado

Segundo Sadiq Khan, haverá mais policiais armados e desarmados nas rusas para manter segurança de moradores e turistas

O Estado de S.Paulo

22 de março de 2017 | 19h20

O prefeito de Londres, Sadiq Khan, anunciou nesta quarta-feira, 22, que as ruas da cidade terão a segurança reforçada por policiais armados após o atentado registrado perto do Parlamento e que deixou três pessoas mortas, além do próprio autor do ataque, abatido por agentes que estavam próximos ao local.

"Os londrinos não serão intimidados. Haverá policiais adicionais armados e desarmados nas nossas ruas nesta noite para manter a segurança dos londrinos e de quem visita nossa cidade", disse Khan.

"Quero tranquilizar todos os londrinos e todos os visitantes. Não se alarmem. Nossa cidade é uma das mais seguras do mundo. Londres é uma grande cidade e permaneceremos unidos contra aqueles que querem nos fazer mal e destruir nossa forma de vida", ressaltou.



No atentado, o terrorista atropelou várias pessoas na ponte de Westminster antes de jogar o carro que conduzia contra as grades do parlamento, onde havia vários policiais. Depois de descer do veículo, ele esfaqueou um agente e foi morto quando tentou atacar outro, segundo testemunhas.

O ataque ocorreu depois de a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, participar de uma sessão semanal de perguntas na Câmara dos Comuns. May foi retirada do parlamento e comandou uma reunião de emergência com os principais ministros e órgãos de segurança para discutir as medidas a serem tomadas após o atentado./ EFE

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.