Prefeito de Londres chama Bush de repugnante e corrupto

O prefeito de Londres, Ken Livingstone, chamou o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, de corrupto e disse que ele não é o legítimo representante dos americanos. Livingstone, em discurso para um grupo de 200 estudantes no City Hall, também disse que ficaria feliz em ver Bush fora do poder da mesma forma que comemorou a deposição de Saddam Hussein."George Bush representa simplesmente tudo o que é repugnante na política", disse. O moderador do debate pediu a Livingstone para explicar o porquê de seu ataque pessoal a Bush. "Eu acho que George Bush é o mais corrupto presidente que a América já teve desde Harding, nos anos 20", disse o prefeito, em referência a Warren Harding, cuja administração ocorreu entre 1921-1923 e foi considerada a mais corrupta da história dos Estados Unidos."Ele (Bush) não é um presidente legítimo", afirmou Livingstone, aparentemente referindo-se às controvérsias que envolveram a eleição do presidente americano.Em Washington, o porta-voz da Casa Branca, Ari Fleischer foi questionado sobre as declarações de Livingstone. "Em primeiro lugar, eu nunca ouvi falar sobre esse sujeito; segundo, eu não o honraria com um comentário."Livingstone, um antigo membro do Partido Trabalhista, concorreu às eleições em Londres como candidato independente, após fracassar sua nomeação pelo partido. Ele foi expulso do partido em decorrência de sua decisão de disputar a prefeitura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.