EFE/Luis Enrique Granados
EFE/Luis Enrique Granados

Prefeito é assassinado no oeste do México

Stalin González governava cidade em um dos estados mais afetados pelo crime organizado no país

O Estado de S.Paulo

06 Outubro 2017 | 18h35

Um prefeito do México foi assassinado nesta sexta-feira, 6, na cidade de Paracho, estado de Michoacán, um dos mais afetados pelo crime organizado. A morte de Stalin Sánchez González se soma a quase 50 outras mortes de prefeitos mexicanos que aconteceram desde 2003, segundo a Associação Nacional de Prefeitos.

Carlos Torres Piña, líder local do Partido da Revolução Democrática (PRD), ao qual González era afiliado, disse desconhecer se o prefeito havia recebido ameaças de grupos criminosos. O governador da região, Silvano Aureoles, informou que instruiu o Ministério Público a "tomar previdências para encontrar os responsáveis e levá-los à justiça". Pelo Twitter, ele demonstrou condolências aos familiares e amigos do prefeito.

O estado de Michoacán é um dos mais atingidos pela violência ligada ao crime organizado e tem forte presença de diferentes grupos criminosos. Em junho deste ano, o jornalista Salvador Adame foi assassinado a mando de um chefe de quadrilha local, conforme informou o Ministério Público estadual.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.