Prefeito eleito promete passar 4 anos "sem roubar"

Ao comemorar sua vitória nas eleições municipais de domingo, Enrique Riera, o prefeito eleito da capital paraguaia, Assunção, prometeu "não roubar um só centavo do município nos próximos quatro anos". O Paraguai, país governado desde 1947 pelo Partido Colorado - ao qual pertence o prefeito recém-eleito - está atualmente em vias de bancarrota, em meio a uma crise econômico-social sem precedentes. O pequeno país sul-americano é considerado como um dos mais corruptos, não só do continente como também do mundo, de acordo com informes da organização independente Transparência Internacional, com sede em Washington. A Justiça Eleitoral confirmou nesta segunda-feira que os primeiros resultados oficiais parciais do pleito de domingo indicam que Riera recebeu 53,2% dos votos dos eleitores em Assunção. Carlos Filizzola, do opositor País Solidário, obteve 41,2% dos sufrágios. Segundo o organismo responsável pelas eleições, dos 220 muncípios do país, 198 poderão ter suas prefeituras conquistadas pelos candidatos do partido governista e os demais poderiam ficar em mãos da pprincipal agremiação oposicionista, o Partido Liberal Radical Autêntico (PLRA).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.