Prefeito põe cidade à venda para protestar

O prefeito de Azzone, uma cidade com cerca de 500 habitantes na Itália, pôs o lugar à venda para protestar contra a política tributária do governo do primeiro-ministro Mario Monti. Pierantonio Piccini colocou um cartaz de "vende-se" na prefeitura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.