AFP PHOTO / POOL / Kirsty Wigglesworth
AFP PHOTO / POOL / Kirsty Wigglesworth

May se reúne com líder escocesa em meio a pressão por novo referendo

Mais cedo, May disse que a unidade era crucial para o Reino Unido conseguir um bom acordo para sair da União Europeia

O Estado de S.Paulo

27 de março de 2017 | 14h16

LONDRES - A primeira-ministra britânica, Theresa May, realizou na segunda-feira seu primeiro encontro com a premiê escocesa, Nicola Sturgeon.As duas reuniram-se apenas um dia antes de a assembleia autônoma da Escócia retomar um debate sobre a independência que se espera que dê a Sturgeon autoridade para demandar um segundo referendo sobre a independência.

Nenhum detalhe do que era amplamente esperado para ser um encontro gelado estavam imediatamente disponíveis. Sturgeon, que deixou o encontro com May sem fazer comentários, está pressionando para um segundo referendo no segundo semestre de 2018 ou no primeiro semestre de 2019, antes de a Grã-Bretanha deixar a União Europeia, mas May tem dito que "agora não é o momento".

Mais cedo, May disse que a unidade era crucial para o Reino Unido conseguir um bom acordo de divórcio da União Europeia em negociações que ela iniciará formalmente na quarta-feira.

Ela disse ao pessoal que trabalha em ajuda internacional que, unido, o Reino Unido é uma "força imparável".

A premiê britânica está lutando para manter o Reino Unido juntos após a votação para deixar a UE revelar divisões profundas, com Inglaterra e País de Gales votando a favor do Brexit, enquanto Escócia e Irlanda do Norte apoiaram a permanência no bloco.

Ela quer tentar conter as demandas na Escócia para um novo referendo de independência que poderia dividir a quinta maior economia do mundo e incentivar os nacionalistas na Irlanda do Norte a seguir o mesmo caminho. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.